Metal Extremo... também é coisa para mulheres!

sexta-feira, 10 de maio de 2013


Por Paula Diamond

É com muito orgulho que faço a minha primeira matéria no ALL THAT METAL e claro, não poderia começar com outra matéria a não ser homenagear as mulheres, que a cada dia vem se manifestando com força no metal extremo. Estilo que há alguns anos atrás era lembrado apenas com vozes masculinas.

Na década de 80, surgiu Sabina Classen, vocalista do Holy Moses, pioneira na utilização da técnica de vocal gutural. Dana Duffey, do Demonic Christ, na década de 90, como pioneira do vocal gutural no estilo black metal.
Mas foi a partir do ano 2000, que o posto de frontwoman das vocalistas de extremo se tornou comum, graças ao sucesso imediato de Angela Gossow do Arch Enemy.

Atualmente alguma delas, além de vocal, não é difícil encontrar dominando os solos de guitarra, como a Maysa Rodrigues do Cauterization.

As mulheres vêm realmente mostrando e provando que tem potencial, que entendem bem do assunto e nós, admiradores do metal extremo, apreciamos cada vez mais a diversidade nesse estilo tão respeitado.

Vamos então a uma listagem de algumas mulheres frontwoman que representam o metal extremo e que utilizam a técnica de vocal gutural:



MAYARA PUERTAS

Iniciarei esta matéria falando da grande revelação desse ano de 2013 até aqui, em minha opinião.

Estamos chegando ao meio do ano, mas acredito que ainda vamos ouvir falar muitíssimo bem dessa garota tão linda e talentosa.

Mayara assumiu os vocais do Necromesis para a divulgação do EP “Evolving to an Underworld”, que apresenta em suas letras o submundo que o ser humano está criando e o que espera.

Ela já mostrou o quanto é merecedora do posto de frontwoman da banda, e todos nós, fãs incondicional do metal, esperamos que ela continue nesse posto por muitos anos.

Parabéns Mayara, por representar muito bem nosso metal nacional.



MAYSA RODRIGUES

Mais uma excelente representação brasileira é a Maysa do Cauterization, um talento excepcional.
Além de ser a letrista da banda, é vocalista e ainda domina as guitarras.

O projeto Cauterization teve início em meados de 2008 e, por aproximadamente um ano, contou apenas com Maysa Rodrigues - guitarra e vocal, e Trojillo Jr. - bateria, em sua formação.

O grupo estabeleceu-se com a entrada de Well Moia - baixo e backing vocal, em 2009, quando o projeto amadureceu e partiu para as apresentações ao vivo, impulsionando, a necessidade de registrar suas obras.

Maysa lembra-me do Chuck Schuldiner (Death), líder, letrista, vocal e guitarrista da maior banda de death metal de todos os tempos.
Essa garota é um grande orgulho nacional.


ANGELA GOSSOW

Quem não conhece essa bela e talentosa mulher, Angela Gossow? Vocalista da banda sueca Arch Enemy. Pois quem não a conhece, está deixando de admirar uma das melhores vocalistas de gutural do planeta.

Angela assumiu o vocal da banda em 2000 contribuindo muito para tornar o som mais pesado sem abandonar a melodia, algo que o líder da banda Michael Amott pretendia. Além de querer um vocal mais dinâmico, já que Liiva não tinha um desempenho satisfatório, e assim, o convidou a se retirar.

Nesse mesmo período, Angela na época jornalista, entrevistou Amott e para ele entregou uma fita demo para provar a sua competência como cantora.

A partir daí, Arch Enemy conquistou uma enorme legião de fãs pelo mundo.



SABINA CLASSEN

Cantora alemã de thrash metal, mais conhecida como vocalista do Holy Moses e Temple of the Absurd.

Sabina Classen é uma das primeiras mulheres a usar a técnica gutural. Ela é influência para a maioria das mulheres que estão assumindo o posto de vocalistas da música extrema.

Sabina juntou-se ao Holy Moses em 1981, onde seu marido Andy Classen era guitarrista.

Após o término do Holy Moses em 1994, ela formou a banda Temple of the Absurd. A banda lançou apenas dois álbuns e finalizou suas atividades em 2000. 

No mesmo ano, Holy Moses retornou com Sabina e está na ativa.



DANA DUFFEY

Dana Duffey ou Satania como também é conhecida, é vocalista e letrista principal da banda de Black Metal satânica, Demonic Christ, criada no ano de 1992.

Ela ficou um bom tempo fora da banda para dedicar-se as suas duas gravidezes.

Hoje, a banda está na ativa, e além do Demonic Chist, ela possui um projeto solo de dark ambiente ritual chamado Satania, seu nome de guerra.

Dana também foi vocalista e guitarrista da banda de Doom/Black Metal Mythic, sua primeira banda.

Essa mulher é realmente digna de respeito, pois além de apresentar um gutural perfeito, iniciou como vocal feminina no Black Metal, estilo que a grande maioria dos fãs leva como um estilo de vida, como uma religião.



CADAVERIA

Eis a Cadaveria que, em minha opinião, possui um gutural diferenciado das outras relacionadas nessa matéria.

Ela canta com muita agressividade, mas com uma voz bastante feminina, totalmente diferente da Angela do Arch Enemy. Angela quando canta, muitos imaginam ser um homem no vocal.

Cadaveria também é inspiração de muitas garotas frontwoman atualmente.
Hoje ela segue com a banda de metal industrial Dynabyte e a banda “Cadaveria” de gothic metal.

A banda Cadaveria teve início em 2001 depois que ela e o baterista Flegias deixaram a banda de black metal Opera IX, que por sinal, faz muita falta com a antiga formação.

Uma curiosidade sobre essa mulher é que ela jamais revelou o seu nome verdadeiro.



MARIA "TRISTESSA" KOLOKOURI

Também conhecida como apenas "Tristessa", ela é a vocalista da banda grega de black metal, 100% feminina, Astarte, formada no ano de 1995.

Tristessa passou a assumir os vocais, finalmente, a partir de 2003, pois antes ocupava os cargos de baixista e tecladista, enquanto "Kinthia" assumia a posição de vocalista.

Atualmente, quem ocupa os antigos cargos de Tristessa são Derketa nos teclados e Lycon no baixo.

Uma última observação é que Tristessa já assumiu as guitarras nas gravações, enquanto também ocupava as posições de tecladista e baixista.



MASHA "SCREAM" ARKHIPOVA

Masha, vocalista do Arkona, é mais uma que não poderia faltar nessa lista de excelentes mulheres frontwoman.

Arkona não é música extrema, é folk metal, estilo musical que vem crescendo demais.
Mesmo não sendo um som extremo, resolvi abrir essa exceção, pois essa mulher merece muito estar nas matérias relacionadas ao metal.

Masha tem um carisma incrível e uma presença de palco invejável a muitos vocalistas. É impossível ficar parado num show do Arkona.

Ela mescla a sua voz natural com alguns momentos de gutural, no caso dela, uma junção perfeita.

Antes de fundar o Arkona, Masha era integrante da banda de gothic metal Bloody Mary.



ONIELAR - YVONNE WILCZYNSKA

O estilo da Onielar nos palcos é realmente fantástico aos olhos dos fãs do metal negro, e assustador para outros.

Ela é vocalista e guitarrista da banda de black metal Darkened Nocturn Slaughtercult, que tem como foco em suas letras o satanismo, ocultismo, a morte e o mal.

Além de o Darkened fazer um som bastante agressivo, a banda conta com o vocal gutural “rasgado” de Onielar, tornando um som ainda mais devastador. Onielar está na banda desde a sua formação em 1997. Espero ver esse excelente projeto Darkened em solo brasileiro.

2 comentários:

  1. Muito obrigado pela citaçao na materia!Fiquei realmente lisongeada!

    ResponderExcluir